Close

Principais fatores para ter sucesso com a produção de abóbora no Maranhão

A produção de abóbora é considerada uma das mais importantes atividades agrícolas do Nordeste brasileiro. E boa parte dos frutos são produzidos por agricultores familiares, que produzem na, grande maioria de vezes, apenas no período de chuvas, uma vez que não utilizam sistemas de irrigação.

E mesmo com esse e outros desafios, esse mercado tem se desenvolvido de forma rápida, gerando excelentes lucros para os produtores.

Fatores que contribuem para o sucesso da produção de abóbora no Maranhão

A produção de abóbora tem se desenvolvido de forma excepcional por conta de alguns fatores. E abaixo nós listamos os principais:

Demanda

Um dos elementos apontados como fundamentais para o sucesso desse segmento é a demanda desse tipo de fruto. Apesar de ser um dos pilares do mercado nordestino, esse alimento é consumido de Norte a Sul do país, seja em pratos doces ou salgados.

Além disso, o livre mercado também acaba facilitando a comercialização. O grande problema está justamente no fato de a oferta diminuir drasticamente nos tempos de estiagem.

Logística

Um dos fatores que também contribui com a produção de abóbora do Maranhão é a logística. Isso porque, as cidades de Colinas e Paraibano, que são as regiões de maior destaque na produção, são repletas de acessos, com 80% das vias de acesso e estradas em condições de serem acessadas por caminhões.

Proximidade dos compradores

Outro elemento que interfere positivamente na produção de abóbora no Maranhão é que muitos compradores ficam próximos das regiões onde o alimento é produzido, o que favorece a comercialização.

Com isso, são os compradores que ficam responsáveis por toda a logística de buscar e entregar o fruto, consequentemente, os produtores não precisam se preocupar com esse tipo de custo.

Como é possível contribuir para o crescimento da produção de abóbora no Maranhão?

Apesar de ser um mercado com excelentes números (apenas Colinas e Paraibano registraram, em 2015, a comercialização de cerca de 12 milhões de KG do fruto), muito ainda pode ser feito para melhorar o panorama desse negócio. Isso porque, ainda existem alguns aspectos que acabam prejudicando a produção.

O primeiro deles é a estiagem. A maioria dos produtores planta apenas em época de chuvas, o que diminui drasticamente a oferta no período de estiagem. Logo, a adoção de sistemas de irrigação poderia potencializar ainda mais o cultivo de abóbora na região, garantindo a manutenção da oferta nessa época.

A falta de tecnologias e de capacitação dos produtores são itens que podem também podem ser melhorados. Com esse aperfeiçoamento, os produtores podem aumentar a produção e otimizar processos como a logística e a comercialização do produto no Nordeste e em outras regiões do país.

Quer saber mais sobre a produção de abóbora no Maranhão? Então aproveite para conferir o “Estudo da Cadeia Produtiva de Abóbora na Região de Colinas e Paraibano/MA”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X
Sou Zé do Sebrae! Você está no Observatório

Dica: Digite faq, acesse e veja as principais dúvidas dos usuários!

wpChatIcon
FAZER DOWNLOAD
INSCREVA-SE
download
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES
FAZER DOWNLOAD
INSCREVA-SE
download
recebe nossas atualizações